Breves constatações sobre o meu amor (como e por que)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

 A Jefferson Luiz Maleski
                                                                                           
O que eu adoro em ti, é a vida
                       Manuel Bandeira



Eu te amo como amo ler, ou escrever ou acumular livros em minha estante
Eu te amo como amo assistir algum filme antigo ou ouvir uma música antiga
Eu te amo como amo ir a qualquer biblioteca
Eu te amo como amo cantar enquanto faço algo
Eu te amo como amo a risada curta do meu pai
Eu te amo como amo uma chuva calma no fim da tarde
Eu te amo como amo ficar ao sol, sentindo seus raios e fingindo estar na praia
Eu te amo como amo todas as personagens literárias que me cativaram
Eu te amo como amo um aperto de mão, um abraço, um beijo
Eu te amo como amo deitar-me no chão frio e olhar o teto e as paredes
Eu te amo como amo inventar minha solidão
Eu te amo como amo as pequenas e grandes coisas que me fazem feliz
Eu te amo como amo exagerar meu amor em um poema


Eu te amo porque você também gosta de ler, ou escrever
E é inteligente, criativo, diferente, animado e tudo o mais
Eu te amo porque você ri com tanta facilidade, tanta alegria
Eu te amo porque você é o lobo-mau-não-tão-mau
Eu te amo por causa da sua desenvoltura, do seu desembaraço
(Você é a pessoas mais desembaraçada que conheço)
Eu te amo e te admiro pela sua sinceridade, seus elogios e suas palavras. Você sempre sabe o que dizer
Eu te amo porque você me inspira confiança e me ensina (e ajuda em) muitas coisas
Eu te amo porque você me escuta, presta a atenção em mim (na maioria das vezes) e compreende um pouco minhas loucuras
Eu te amo porque você me dá ânimo, coragem
Eu te amo porque você é o único que acha que ser estranha é legal
Eu te amo porque você é um grande homem e um grande amigo e não rirá dessas declarações
Eu te amo porque com você eu posso ser eu, pois você me conhece o suficiente para me aceitar
E, principalmente, eu te amo porque seria difícil não amar  embora eu nunca tenha tentado

(16-02-13)



2 comentários:

  1. Que bonito, Elaine...
    ...achei um pouco diferente do que costumas escrever, mas gostei.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, você foi 'tagueado' para uma entrevista por mim, confira o post:
    http://lunay.blogspot.com.br/2013/02/entrevista.html

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!